17/02/2017

Ele vendia pontos de táxis inexistentes a defensores taxistas

Policiais civis do Departamento de Defraudações e Crimes Cibernéticos realizaram na tarde desta quinta-feira, 16, a prisão do segurança J. l. dos S. , de 35 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela justiça. Ele é acusado de vender falsos pontos de táxis a defensores. A prisão ocorreu nas imediações do hospital universitário, no bairro Cidade Nova.
Segundo a delegada Rosana Freitas, Jorge é acusado de praticar um golpe, no ano de 2011, contra aproximadamente 20 taxistas. “Ele se passava por um assessor da SMTT e vendia pontos de táxis para taxistas defensores, perfazendo vantagem econômica indevida em torno de R$ 50.000,00.

Ele agora ficará custodiado em uma unidade prisional, à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: SSP/SE

Relacionado


Leia mais no Site do Autor