Comunidade online de nóticias do estado do Sergipe Brasil

Polícia de Sergipe prende em São Paulo empresário de Lagarto “Rodrigo Rocha” suspeito de matar seu empregado

No início da manhã desta terça-feira, dia 21, a  Polícia Civil de Sergipe com apoio da polícia paulista, prendeu em um posto rodoviário na cidade de Paranapanema,  269 quilômetros da capital paulista, o empresário sergipano, Rodrigo Dantas dos Santos, mais conhecido como “Rodrigo Rocha”. Ele é o principal suspeito de ter assassinado, no dia 24 de janeiro deste ano de 2020, o seu empregado que trabalhava como caseiro (o faz tudo), Jorge Alexandre Souza Santana, 28 anos.

Segundo o delegado Jonathas Evangelista, os policiais localizaram o rancho onde o Rodrigo estava escondido em Araçoiaba da Serra, próximo de Paranapanema. “Apenas conseguimos realizar abordagem no posto da Polícia Rodoviária (PM) em Paranapanema, na rodovia Raposo Tavares [SP270, KM 245], com apoio de militares que estavam na unidade”, explicou.

Mas, foi no posto rodoviário em Paranapanema que ele foi abordado em seu veículo e preso pelos policiais civis de Sergipe, auxiliados pelos policiais militares de São Paulo. As investigações contaram com a ação da Delegacia Regional de Lagarto, Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) e Coordenadoria das Delegacias do Interior (Copci).

Diante do mandado de prisão preventiva por homicídio expedido pela Comarca de Lagarto (SE), o preso foi apresentado na Delegacia Plantonista de Taquarituba/SP.

O CRIME

De acordo com as primeiras informações, no dia 24 de janeiro deste ano de 2020, o empregado do empresário Rodrigo Rocha, Alexandre Souza Santana, de 28 anos, foi encontrado morto a tiros na sua casa, localizada Avenida Libério Monteiro, no centro comercial de Lagarto, onde os dois bebiam desde a noite anterior. O detalhe é: que quando a polícia chegou a casa do empresário ele tinha sumido e ninguém tinha o seu paradeiro.

Segundo informações preliminares, a vítima foi encontrada assassinada na cozinha com cerca de 10 tiros e ainda era um mistério a motivação para o crime. Mas, a polícia sergipana já tinha como principal suspeito o empresário, Rodrigo Dantas dos Santos, mais conhecido como “Rodrigo Rocha”. Ele é filho de um grande líder político e ex-prefeito de Lagarto.

O suspeito já tem antecedentes criminais, que segundo a polícia de Sergipe, ele é o principal suspeito de ter matado a tiros no final da década de 90, o vigilante José dos Santos, de 59 anos, no centro comercial da cidade de Lagarto. O empresário foi preso e condenado a cumprir  pena no Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza, em Tobias Barreto. Mas depois passou a ser, prisão domiciliar.

Por: www.imprensa1.com

Veja mais no Portal Imprensa1.

Comentários

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência no nosso site. Acesse a nossa Política de Privacidade para saber mais ou gerenciar suas preferências pessoais na nossa Ferramenta Consentimento Cookie. Ao usar o nosso site, você concorda com o uso de cookies. Aceitar Ler os termos...

%d blogueiros gostam disto: